Quanto uma pequena empresa deve investir em marketing, publicidade e propaganda?

 

Tirando as dúvidas


Antes de saber quanto investir em marketing, publicidade e propaganda é importante que o pequeno empresário entenda as diferenças entre essas atividades cruciais para qualquer tipo de negócio e que, muitas vezes, são objetos de algumas confusões.

Marketing, publicidade e propaganda são atividades complementares cujos conceitos se misturam. Vale a pena uma recapitulação, uma vez que alguns autores os diferenciam e outros não se preocupam com a distinção e sim em explicar os objetivos e processos relacionados.

 

O que é marketing?


De acordo com Philip Kotler, considerado o maior especialista do assunto, marketing “é um processo social e gerencial pelo qual indivíduos e grupos obtêm o que necessitam e desejam por meio da criação e troca de produtos e valores.” Portanto, trata-se de uma área do conhecimento que estuda as necessidades do mercado, pensando os produtos e serviços de acordo com o desejo do consumidor, bem como a melhor forma de se chegar até ele.


E publicidade e propaganda? São sinônimos?


Etimologicamente as palavras não são sinônimos e possuem origens diferentes: propaganda vem do latim propagare e significa difundir algo, persuadir, influenciar. Publicidade deriva do latim “publicus” e significa divulgar, tornar público um fato ou uma ideia. No Brasil, no entanto, as duas palavras são usadas indistintamente. Para o Conselho Executivo de Normas Padrão - CENP, um dos órgãos regulamentadores da comunicação, as duas palavras são tratadas como sinônimos.

 

O quarto “P” do marketing

 

Publicidade e propaganda, portanto, são ferramentas do marketing. Uma boa forma de entender a relação da publicidade/propaganda com o marketing é pensando o “composto de marketing” ou “mix de marketing” formado pelos famosos “4Ps”, Produto, Preço, Praça e Promoção. A publicidade é responsável pelo item promoção e criará anúncios e campanhas para convencer um determinado público alvo a comprar produtos e serviços.

 

Investir em marketing ou em publicidade?

 

Estando claros os conceitos e diferenças entre as atividades de marketing e publicidade, o empresário poderá decidir se o seu investimento será com um planejamento de marketing (envolvendo análise de fatores internos e externos que possam influenciar o desempenho dos produtos ou serviços, análise do comportamento do consumidor, definição de público alvo, entre outros aspectos) ou se investirá em publicidade, na divulgação de produtos e serviços específicos.


O investimento varia 3 a 10% do faturamento bruto


O valor do investimento, seja em planejamento de marketing ou em publicidade e propaganda, depende de vários fatores tais como  tempo de mercado,  concorrência,  conhecimento da marca, porte da empresa, público alvo, entre outros. Estudos de administração apontam que em geral, as empresas investem de 3 a 10% de seu faturamento bruto.

Steve McKee, presidente da consultoria de marketing McKee Wallwork & Company*, afirma que as empresas não podem cair na armadilha de que ter um bom produto ou serviço basta para atrair os clientes e recomenda que o investimento inicial em publicidade ou marketing seja de 5% de seu faturamento total.

 

*http://destinonegocio.com/br/empreendedorismo/quanto-a-sua-empresa-deve-investir-em-divulgacao-da-marca/